Back to top
Acerca do

Em que consiste o Campus Ibero-América?

O Quadro Ibero-Americano de Mobilidade Académica - Campus Ibero-América é a iniciativa de mobilidade e intercâmbio de estudantes, professores e investigadores mais ambiciosa da região. Constitui um quadro de referência para os programas de mobilidade ibero-americanos já existentes e incentiva o aparecimento de novos programas, agregando o valor da dimensão regional e um extra de notoriedade graças ao reforço mútuo e ao uso de uma marca distintiva de mobilidade ibero-americana. O Campus Ibero-América é uma clara aposta no crescimento inteligente da região, que contribui para garantir e homogeneizar a qualidade do sistema educativo, favorecer a incorporação dos jovens no mercado de trabalho e transformar a investigação académica em inovação empresarial.

Como se estrutura o Campus Ibero-América?

O Campus Ibero-América refere-se à implementação de um Quadro Ibero-Americano de Mobilidade, estruturado em torno de três pilares básicos:

  • La Alianza Iberoamericana para la Movilidad, o asociación entre sector público y privado para conseguir los recursos que posibiliten las movilidades.
  • El Sistema Iberoamericano de Movilidad, o conjunto de programas, proyectos e iniciativas de intercambio en torno a reglas comunes.
  • La Plataforma Iberoamericana de Movilidad, o herramienta que facilitará información, coordinará y gestionará los intercambios.

 

O que é um programa de mobilidade no contexto do Campus Ibero-América?

Entendemos por programa de mobilidade as iniciativas que cumprem os seguintes requisitos:

  • São orientadas para um ou vários dos seguintes segmentos de população ou audiências: pré-graduação (ou licenciatura), pós-graduação, investigação e docência.
  • O seu âmbito de estudos ou trabalho é o Ensino Superior - universitário ou não universitário - e a investigação/docência em todas as áreas.
  • O âmbito geográfico da mobilidade circunscreve-se aos 22 países ibero-americanos, tanto na origem quanto no destino da própria mobilidade.
  • As iniciativas ou programas podem ser bilaterais ou multilaterais entre universidades, centros de investigação, ministérios, instituições educativas ou instituições privadas.

 

Quais são as vantagens do Campus Ibero-América para os estudantes, professores e investigadores?

Os estudantes, professores e investigadores que participem em programas de mobilidade relacionados com o Campus Ibero-América podem usufruir das seguintes vantagens:

  • Acesso a uma oferta integrada de mobilidade académica da região, complementada com oportunidades de mobilidade para a capacitação profissional.
  • Receber formação em instituições articuladas em torno de diretrizes e padrões partilhados que garantem uma docência e investigação eficiente e de qualidade.
  • Uma oferta de serviços e vantagens relacionados com a mobilidade académica (entre outros, alojamento, transportes, aspetos financeiros e soluções de conectividade).
  • Informações de interesse prático sobre os 22 países da Comunidade Ibero-Americana (entre outros, sistemas nacionais de ciência e tecnologia, mercados de trabalho, sistemas educativos e de saúde, requisitos de entrada e residência, impostos, sistemas de segurança social e reconhecimento de qualificações).
  • Usufruir de uma experiência única que lhes abrirá portas para conhecerem e partilharem outras realidades culturais e sociais, proporcionando-lhes simultaneamente mais e melhores oportunidades profissionais.

 

Qual o valor acrescentado para as instituições e programas de mobilidade parceiros?

O Campus Ibero-América é um espaço de oportunidades para as instituições e programas de mobilidade parceiros, na medida em que possibilita:

  • Dispor de uma plataforma comum que permitirá unificar processos e propostas de mobilidade e simultaneamente partilhar as melhores práticas.
  • O acesso a diversos serviços de informação e gestão, incluindo ferramentas comuns que irão permitir uma maior coordenação e planificação de todas as ações relacionadas com a mobilidade.
  • Um maior impacto em termos de visibilidade e comunicação, graças à capacidade de promover ações conjuntas e ao uso da marca distintiva da mobilidade ibero-americana.
  • Participar numa rede que integra as principais instituições de ensino superior e os organismos governamentais responsáveis pelas políticas de ensino superior, ciência, tecnologia e inovação da região.

 

Que organismos podem fazer parte?

O Campus Ibero-América é uma iniciativa aberta à participação de organismos públicos e privados do âmbito governamental, académico e social. Agrupa, entre outros, ministérios da educação, organismos nacionais de ciência e tecnologia, governos regionais, associações de universidades, conferências de reitores, universidades, centros de investigação, empresas e associações empresariais.

 

Algumas realizações práticas

  • A partir de 2015 aderiram à Aliança para a Mobilidade 55 organismos de 19 países ibero-americanos que representam mais de 800 universidades e instituições da região, incluindo instituições públicas governamentais, empresas, associações empresariais e outras entidades do setor público e privado.
  • Encontra-se em concretização um quadro de relacionamento entre os programas e iniciativas que integram o Sistema de Mobilidade, que se traduzirá num Protocolo capaz de incluir o conjunto de regras a cumprir para fazer parte do Campus Ibero-América.
  • O lançamento da Plataforma do Campus Ibero-América (www.campusiberoamerica.net/pt), integra atualmente uma oferta de  programas que ultrapassa 20.000 mobilidades.
  • O impulso da criação de condições que favorecem a mobilidade, promovendo a conclusão de um Acordo sobre reconhecimento de períodos de estudo e de diplomas do ensino superior na Ibero-América; acordo este que inclui a criação do sistema de garantia da qualidade do ensino superior, a implementação do registo de programas e instituições de ensino superior acreditadas, e o desenvolvimento de um sistema de informação do ensino superior.

            *          *           *

O Campus Ibero-América é uma iniciativa que surge dos mandatos das Cúpulas Ibero-Americanas de Chefes de Estado e de Governo, em cuja XXIV edição (2014) se acordou fomentar a mobilidade académica de estudantes, professores e investigadores na Comunidade Ibero-Americana, tendo confiado a sua promoção à Secretaria-Geral Ibero-Americana e à Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), em conjunto com o Conselho Universitário Ibero-Americano (CUIB). Estes organismos integram o Espaço Ibero-Americano do Conhecimento (EIC), que representa o âmbito de confluência harmónica de políticas, instrumentos e agentes do ensino superior, ciência e inovação no contexto ibero-americano. Para esclarecer quaisquer dúvidas ou para consultas específicas, pode entrar em contacto connosco através do correio: info@campusiberoamerica.net